terça-feira, 26 de setembro de 2017

Amor e Sexo 4

Fazer sexo não é o mesmo que fazer amor. Amor não se faz, se sente. Quem ama pode praticar ou não a relação sexual, porém quem faz sexo nem sempre ama.  Compreende-se a tentativa de adicionar amor ao sexo, cognominando o ato instintivo de “fazer amor”, mas eles nem sempre caminham juntos. Nada há de impuro no ato de se relacionar sexualmente com alguém. O problema é a viciação e dependência em relação à necessidade de se permutar energias exclusivamente dessa forma. Não transforme seus momentos ao lado de alguém na busca pelo sexo. Antes, faça dele um componente natural de suas relações com as pessoas. Seu uso requer sempre equilíbrio e maturidade.


 Extraído do livro Amor Sempre.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Amor e Sexo 3

É comum se separar o sexo da atividade religiosa como se ele não tivesse origem divina e fosse incompatível com a dedicação a Deus. A repressão à sexualidade, como se ela fosse atraso de evolução, provoca núcleos traumáticos na personalidade do indivíduo. Ao se distanciar de seu uso, ele não saberá vivenciar, mais tarde, o amor pleno. Sexo é energia a serviço do crescimento do Espírito. Sua união com o amor proporciona realizações superiores na vida. Perceber a gradação da energia sexual é tarefa a ser aprendida.  As ligações do passado, quando foram baseadas apenas no sexo inconsequente, hoje levam os indivíduos a se unirem pelo mesmo princípio, gerando obsessões de difícil erradicação pela sua força energética. Amar é também se tornar responsável pelas consequências do uso da energia sexual. Assumir uma postura madura diante do sexo é cuidado fundamental daquele que ama.  
Extraído do livro Amor Sempre.



domingo, 24 de setembro de 2017

Amor e Sexo 2

É comum se separar o sexo da atividade religiosa como se ele não tivesse origem divina e fosse incompatível com a dedicação a Deus. A repressão à sexualidade, como se ela fosse atraso de evolução, provoca núcleos traumáticos na personalidade do indivíduo. Ao se distanciar de seu uso, ele não saberá vivenciar, mais tarde, o amor pleno. Sexo é energia a serviço do crescimento do Espírito. Sua união com o amor proporciona realizações superiores na vida. Perceber a gradação da energia sexual é tarefa a ser aprendida.  As ligações do passado, quando foram baseadas apenas no sexo inconsequente, hoje levam os indivíduos a se unirem pelo mesmo princípio, gerando obsessões de difícil erradicação pela sua força energética. Amar é também se tornar responsável pelas consequências do uso da energia sexual. Assumir uma postura madura diante do sexo é cuidado fundamental daquele que ama.


 Extraído do livro Amor Sempre.

sábado, 23 de setembro de 2017

Amor e Sexo 1

Amor e sexo

Jesus nos permitiu mostrar que a energia sexual pode ser também canalizada para a obra divina.

Certamente o amor transcende a sexualidade. Enquanto esta é uma forma de permuta de energias, aquele é a energia do Espírito em sua essência. Enquanto amor, não há diferença entre amar-se um homem ou uma mulher. O ser que ama não vê o sexo, não enxerga o corpo nem a condição sociocultural do outro, mas o Espírito.  A sexualidade é função revigoradora na vida do ser humano. Quando o amor está presente, torna-se veículo de crescimento espiritual. Sua utilização responsável renova as energias do indivíduo.

Extraído do livro Amor Sempre.




sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Amor e Traição 4

Se você hoje possui outro relacionamento além daquele que constitui a sua família, ore e busque o equilíbrio. A manutenção de outros relacionamentos semelhantes revela necessidade de vencer carências internas. Sua continuidade desprende energia, impedindo o necessário equilíbrio para prosseguimento de outras atividades da alma. Seja fiel a seus princípios não se permitindo agredir aquele com quem você convive. O amor é sempre fiel à sua própria determinação. Na dúvida, não ultrapasse seus limites. Há caminhos cujo retorno se torna difícil. Há envolvimentos psíquicos muito semelhantes à traição num casamento. Não se deixe vencer pelo apelo da aventura em matéria de sentimento. Tudo que envolve o coração merece responsabilidade e maturidade.
Extraído do livro Amor Sempre.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Amor e Traição 3

Tenha o hábito de dialogar com seu companheiro sem que esteja fazendo interrogatório policial; tampouco deixe que a insegurança tome conta de sua mente.   Envolva-se na vida de seu companheiro pelo coração e pela participação em suas atividades cotidianas. Não fique à margem da vida de quem você diz que ama. Mesmo que ele o coloque à distância, crie atividades conjuntas. Não se sinta também como alguém que adquiriu uma posse. Se seu companheiro preferiu a companhia de outra pessoa à sua, dê-lhe a liberdade de que necessita para viver sua própria vida. Quanto a você, viva-a mesmo com as dificuldades que advirão da decisão tomada.

 Extraído do livro Amor Sempre.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Amor e Traição 2

Decepcionar-se ou indignar-se pela traição de alguém é natural, mas verifique as condições em que se deu o fato. Muitas vezes suas atitudes foram determinantes para a ação do outro. A traição, qualquer que seja sua causa, reflete sempre o amor insatisfeito consigo mesmo. Quando ela ocorre de forma sistemática, revela o desequilíbrio obsessivo em que seu agente se encontra.

Extraído do livro Amor Sempre. 

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Amor e Traição 1

Amor e traição

Jesus, mesmo traído por Judas,
não deixou de amá-lo.
O amor pressupõe confiança e entrega de sentimentos. Sua exclusividade é exigida por aquele que se dedica ao outro, não permitindo a entrada de um terceiro elemento na relação. O ciúme, oriundo da insegurança, costuma ser elemento catalisador de atitudes inadequadas pelo seu protagonista. Cautela quanto à impulsividade motivada pelo ciúme. Liberte-se daquele amor quando ele já não mais se sente preso a você. Sua decisão poderá evitar dissabores desnecessários. A vida lhe oferecerá, mais adiante, oportunidades de viver experiências geradoras de equilíbrio.      

Extraído do livro Amor Sempre.




segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Amor e Inteligência 3

Ama, de forma inteligente, quem faz do amor uma energia criadora para uso próprio, nas circunstâncias da vida. Em que pese as conquistas maravilhosas da tecnologia humana, ainda estamos na infância, no que se refere à aquisição dos valores do Espírito. Quando o ser humano coloca a inteligência a serviço do amor, alcança a plenitude da realização na Terra.



Extraído do livro Amor Sempre. 

domingo, 17 de setembro de 2017

Amor e Inteligência 2

O ser humano descobre a inteligência intelectual, a inteligência emocional, a inteligência intuitiva, a inteligência meditativa e, certamente, descobrirá outras; nada, porém, se iguala ao amor presente na essência do ser humano, ultrapassando os limites de seu corpo. É o amor, a inteligência elevada ao máximo grau. A mesma inteligência que capacita o ser humano a amealhar recursos financeiros, muitas vezes para a aquisição do supérfluo, direciona-o para as aquisições superiores do Espírito. A inteligência emocional, atributo do Espírito, possibilita ao ser humano penetrar, pela razão emocional, nos domínios do sentimento e do amor.


 Extraído do livro Amor Sempre.

sábado, 16 de setembro de 2017

Amor e Inteligência 1

Amor e inteligência

Jesus aliou o amor à inteligência, colocando-os a serviço do crescimento da criatura humana.
O amor é o requisito básico para a apreensão da inteligência. Foi em busca do amor que o ser humano saiu das cavernas e alcançou a civilização do progresso. Sua inteligência é conquista do amor. Cada vez mais o ser humano descobre que a inteligência não se refere apenas à aquisição de conhecimentos intelectuais, mas se reveste das franjas do amor em sentimento e intuição.

 Extraído do livro Amor Sempre.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Amor e Trabalho 4

O trabalho dirigido em favor de quem se encontra em dificuldade de manter-se é serviço nobre em favor da vida. Todo aquele que se dedica ao trabalho pelos mais necessitados colabora com a harmonia da vida. O trabalho é o caminho do aprendizado. É nele que experimentamos as lições teóricas que ouvimos, falamos e lemos. Com ele, a teoria dá lugar à prática. Quem trabalha direcionando amor àqueles com quem interage vive mais e melhor. Cresce e ajuda a crescer. Ama e ensina a amar pelo trabalho que faz.
Extraído do livro Amor Sempre.