segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 16

O bom da vida é entender que tudo está interligado, que nada é por capricho ou se encontra desconectado de uma totalidade nem que o ser humano e seu destino estão dissociados da liberdade, da harmonia interior, da paz e do amor.



Extraído do livro O Bom da Vida.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 15

A percepção da imortalidade não se dá apenas num dado momento da vida, mas a todo instante em que se requer um olhar maior e mais amplo sobre a Vida e suas ocorrências. Não só para o que ocorre consigo mas também com as pessoas, pois elas também são vistas como Espíritos imortais também em evolução. Esta visão coletiva e ampla contribui para o fortalecimento do senso de pertencimento à Humanidade para a construção da capacidade de ter compaixão e para a inclusão do outro no bom da própria vida.


Extraído do livro O Bom da Vida. 

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 14

Quando a consciência da imortalidade é plena, até a relação com o mundo espiritual, isto é, com os Espíritos já desencarnados, torna-se mais madura e menos subserviente, o que estabelece uma maior possibilidade de aprendizagem mútua. As ocorrências mediúnicas são percebidas de um ângulo mais amplo, como capacidades inerentes a todas as pessoas, encarnadas e desencarnadas. Essa consciência implica em lidar com desencarnados como pessoas, entes humanos comuns, da mesma forma que se relaciona com os encarnados. Por esta razão, o bom da vida se torna algo mais amplo, pois engloba uma sociedade maior, constituída de pessoas no corpo físico e fora dele.


Extraído do livro O Bom da Vida.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 13

A percepção e vivência de ser Espírito imortal possibilita maior compreensão, melhor condição interior para o enfrentamento das agruras da existência, maior segurança nas atitudes e na tomada de decisões quanto ao destino a seguir. Esta segurança permite que o Espírito lide com os medos e desafios característicos do desenvolvimento natural da personalidade de forma tranquila, considerando-os menores e sem que possam impedir ou dificultar sua caminhada e sua ascensão espiritual.

                                                                                     Extraído do livro O Bom da Vida.



quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 12

A percepção da própria essência, com consequente vivência no mundo, facilita ao Espírito uma maior intimidade com o Criador da Vida, sentindo-O em cada experiência que vive. Esta intimidade corresponde ao êxtase que os místicos e médiuns experimentavam no passado e que descreviam como o “grande encontro com o Divino”. Trata-se do doce e misterioso encontro com Deus, que faz com que o Espírito toque no mais profundo de si mesmo, alcançando o sentido e significado de viver e existir.


Extraído do livro O Bom da Vida.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 11

 Essa consciência do ser humano da imortalidade pessoal, permite que se ultrapasse o senso comum, provocando opiniões diferenciadas e emissão de conteúdos eticamente superiores, utilizando-se a ótica do Espírito imortal. Nessa condição, o Espírito se encontra mais apto a desfrutar o bom da vida, pois a enxerga de forma mais leve, com menor carga de ansiedade e, sobretudo, reafirmando sua identidade no mundo.
                                                                                    
                                                                                    Extraído do livro O Bom da Vida.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 10

A real consciência da imortalidade pessoal, com consequente vivência social de acordo com a condição de Espírito, proporciona uma diferenciação ao emitir opiniões a respeito do que experimenta e vive. A amplitude alcançada na visão de mundo promove juízos mais apurados e superiores a respeito da vida e das experiências humanas.

Extraído do livro O Bom da Vida.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 9

Ao preparar-se, o Espírito contempla a disposição de enfrentar revezes com absoluta tranquilidade e com a consciência de que tudo que ocorre é para o bem e para a evolução dele. Mesmo diante de revezes e dificuldades múltiplas, o Espírito, ante a consciência de sua imortalidade, consegue viver o bom da vida em meio às suas dificuldades. Essa proeza se deve à faculdade adquirida pela sua perfeita integração com os desígnios divinos.


Extraído do livro O Bom da Vida. 

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 8

A consciência e a real vivência de ser Espírito imortal proporciona que o ser humano se prepare melhor para viver, para enfrentar os desafios e para planejar seu destino imediato e para o futuro, também para próximas encarnações. A preparação para a vida implica em munir-se de respostas prévias, de intenções pensadas e repensadas, de antecipações de atitudes e de comportamentos devidamente estudados.

Extraído do livro O Bom da Vida.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 7

O tempo de uma encarnação passa a ser entendido como uma oportunidade, uma fase ou um intervalo em que se pode viver inúmeras experiências sem que se tornem definitivas, absolutas e capazes de determinar o destino futuro do Espírito. Com esta consciência, o Espírito não se apequena com seus conflitos e problemas, pois sabe que terá tempo para resolvê-los com determinação, paciência e resiliência. Na percepção do bom da vida, o tempo se torna um aliado do Espírito, que o manejará de acordo com suas necessidades evolutivas de curto, médio e longo prazo.

Extraído do livro O Bom da Vida.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 6

A admissão dos próprios equívocos pelo Espírito, torna-se imperiosa pelo interesse em resolver seus problemas e dissolver a sombra que acumula de muitas encarnações, cujo encobrimento contou com a religião. A percepção de que se é um Espírito contribui para que se reduza a consideração mágica e suprarracional atribuída à dimensão espiritual, na qual vivem os Espíritos desencarnados.

                                                                                     
                                                                                    Extraído do livro O Bom da Vida.


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Perceber-se Espírito 5

O bom da vida ganha maiores proporções e contornos de plenitude quando se adquire esta consciência e se vive de acordo com sua própria condição essencial. Quem se percebe Espírito imortal planeja a própria vida considerando sua continuidade e seu retorno futuro a uma nova existência no mundo, pois a reencarnação se torna lógica e compreensivelmente necessária.


Extraído do livro O Bom da Vida.